Up!Grader.org.br

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Personal Branding para os Introvertidos

E-mail Print PDF

 


Eu tinha acabado de terminar uma palestra em uma empresa de tecnologia de ponta , quando um engenheiro se aproximou de mim . "Eu gostei de suas idéias sobre a marca pessoal , e eu posso ver como elas trabalham ", ele me disse. " Mas a maioria deles não são para mim - eu sou um introvertido . Existe algo que eu posso fazer? " O que ele não percebe é que (como um terço a metade da população estimada ) eu sou um, também.


Apesar do equívoco comum de que todos os introvertidos são tímidos , e vice- versa , são dois fenômenos muito diferentes . A timidez pode ser definida como "o medo de ser julgado negativamente ", enquanto a introversão é " uma preferência por ambientes tranquilos , minimamente estimulantes. ".

Os organizadores de conferências e eventos e os participantes , muitas vezes, se juntam para jantar ou happy hours depois. E isso é racionalmente um ganha-ganha: eles percebem mais valor nos organizadores, porque começam a interagir pessoalmente , e você pode melhorar seu network e aprender as preferências dos participantes que permitem que você personalize sua palestra, aula ou abordagem. Por essas boas razões, muitas vezes eu compareço a esses jantares e happy hours, mas eu tive que aprender meus limites : quando tenho viajado muito, ou tive uma agenda frenética naquele dia, ou falta de sono , é muito melhor parar, pensar e recusar. Como um carro que exige mudanças de óleo periódicas , eu tenho que recarregar minhas energias com calma , um tempo sozinho.

É verdade que muitas das melhores maneiras de estabelecer a sua marca no mundo profissional ainda são ponderadas para os extrovertidos : assumindo posições de liderança em associações e organizações, ou falando em público.

Com o tempo, eu aprendi " quando dizer quando " e recusar os pós-eventos. Mas para muitos introvertidos , é um equilíbrio difícil. Uma executiva de uma grande empresa de consultoria , uma vez me perguntou como ela poderia ser verdadeiramente autêntico em suas relações com os outros, dado o quão desconfortável ela ficou quando veio fazer networkig, imaginando que deveria ficar sempre sorridente e com um ar hipersocial. No entanto, estou convencido de que é possível fazer um bom networking e desenvolver nossa marca pessoal, e ao mesmo tempo respeitando as nossas tendências naturais.

Em primeiro lugar, a mídia social pode realmente ser uma área onde os introvertidos , que prosperam em contemplação silenciosa , terem uma vantagem. Com um blog - uma das melhores técnicas para demonstrar liderança de pensamento - você pode tomar seu tempo , estruturar seus pensamentos, e se engajar em um diálogo verdadeiro com os outros. Enquanto os extrovertidos geralmente correm desesperados para o seu próximo evento para trocar cartões de visita em, você pode construir uma marca global usando, principalmente, a força de suas idéias.

Em seguida, com um pouco de estratégia e esforço, você pode se conectar a uma pessoa de cada vez. Uma amiga minha costumava trabalhar em um grande hospital de pesquisa , era uma instituição em expansão com inúmeras divisões e iniciativas. Ela simplesmente se comprometeu a cada semana, ela pediria uma pessoa a partir de um escritório ou departamento diferente para almoçar. Inicialmente ela conhece seus colegas em reuniões da empresa ou através de trabalho em projetos conjuntos, e se a sugestão para almoçarem juntos não surgir naturalmente, na maioria das vezes ela começa uma conversa de corredor sobre alguns de seus outros projetos, quase sempre os colegas ficam intrigados o suficiente para se juntar a ela.

Em poucos meses , ela começou a construir uma rede de contatos robusta dentro de sua organização - só que em seu próprio jeito calmo de ser, no qual "descobre o caminho para o seu jeito de ser, que libera seu melhor potencial". "A iniciativa do almoço", exemplifica bem uma das diversas maneiras de aumentar sua marca pessoal sendo uma pessoa introvertida. Em outras palavras , você pode tornar -se profissionalmente indispensável se você desenvolver conexões que permitem construir pontes entre os departamentos e pessoas importantes para o crescimento e avanço da empresa, bem como identificar e superar as lacunas de conhecimento.

Os introvertidos também pode usar sinais sutis para estabelecer a sua marca pessoal. Como Robert Cialdini, psicólogo, me disse durante uma entrevista para o livro "Reinventando Você" , simplesmente colocar diplomas ou prêmios em suas paredes do escritório pode ajudar a reforçar os seus conhecimentos para os outros. (Cialdini viu esse efeito poderoso em ação quando passou por um hospital no Arizona, ele aconselhou a estratégia, e o resultado foi o aumento em 32% quase que imediatamente após a unidade de fisioterapia começar a exibir as credenciais de seu pessoal e staff.)

Finalmente, use seu tempo livre de forma estratégica. É provável que você precise de mais tempo de reflexão. Como o introvertido e antigo CEO da Campbell Soup Company disse, enquanto os extrovertidos podem estar batendo papo com os colegas depois do trabalho, você pode garantir que você está sendo produtivo lendo revistas da indústria ou pensando criativamente sobre a sua empresa e sua carreira. Também, geralmente os introvertidos refletem melhor sozinhos do que numa sessão de brainstorming, onde tudo passa muito rápido e exista alguma pressão por conta do tempo ou dos colegas de trabalho.

Na crença popular, a marca pessoal é muitas vezes sinônimo de alta performance , carisma e "estrelismo". Mas há outras maneiras, algumas vezes até melhor,  de definir a si mesmo e sua reputação. Tomando o tempo para refletir e ser cuidadoso sobre como você gostaria de ser visto pelos outros e, em seguida, viver isso através da sua escrita, ações e suas relações interpessoais é uma poderosa forma de garantir que você seja visto como o líder você é.

por HBR, adaptado por Up!Grader.


Dedicated Cloud Hosting for your business with Joomla ready to go. Launch your online home with CloudAccess.net.